Sexta-feira, 30 de Maio de 2008

PAREDES DE COURA ACOLHE O XVIII FESTIVAL FOLCLÓRICO DO ALTO MINHO

No próximo dia 8 de Junho, a Vila de Paredes de Coura será palco do 18.º Festival Folclórico do Alto Minho. Este festival realiza-se anualmente e em sistema de rotatividade pelos 10 concelhos do Alto Minho (10 ranchos folclóricos). A primeira edição do festival folclórico do Alto Minho, realizou-se em Vila Praia de Âncora, e a segunda em Paredes de Coura (14 de Junho de 1992), sendo que, este ano o anfitrião Grupo Etnográfico da Associação Cultural Recreativa Desportiva de Paredes de Coura assinala os seus 25 anos de actividade permanente (a efeméride será comemorada a 28 de Setembro durante a sua "Festa do Folclore").
Participarão no XVIII Festival os seguintes agrupamentos: Grupo Etnográfico da A.C.R de Paredes de Coura, Grupo Folclórico de S. Paulo de Barroselas – Viana do Castelo, Rancho Folclórico e Etnográfico de Reboreda – Vila Nova de Cerveira; Etnográfico de Vila Praia de Âncora – Caminha, Rancho Folclórico de Ganfei – Valença do Minho, Rancho Folclórico de Paderne – Melgaço, Rancho Folclórico de São Paio – Arcos de Valdevez, Grupo de Danças e Cantares do Neiva – Sandiães – Ponte Lima, Rancho Folclórico de Pinheiros – Monção, e o Rancho Folclórico de Paço Vedro de Magalhães – Ponte Barca.
Do programa, destaca-se ás 15:00 o desfile dos grupos desde o Largo de 5 de Outubro e da Rua do Conselheiro Miguel Dantas até ao Largo de Hintze Ribeiro onde, meia hora mais tarde, terá início o espectáculo. No final haverá um momento de troca de documentação e bandeiras entre o Etnográfico de Paredes de Coura e o Rancho Folclórico de Paço Vedro de Magalhães, pois será em terras barquenses que em 2009 se realizará a XIX edição deste espectáculo de folclore alto-minhoto.
A festa terminará com um arraial minhoto nos jardins da Casa Grande, nobre solar da Vila de Paredes de Coura.

Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 15:48
Ligação do artigo | Comente | Ver comentários (3) | Adicionar aos favoritos
| | partilhar

1.º Aniversário do “Paredes de Coura”

Meus amigos, há um ano exactamente principiava a nossa aventura de publicação quase diária de artigos, fotos, vídeos, recolhas, alertas, e tudo o que diga respeito a Paredes de Coura. Confessamos que começamos quase por curiosidade e brincadeira, mas cedo descobrimos que éramos lidos por bastante público, e especialmente por courenses que se encontram ausente do concelho. Mas antes de mais, deixemos aqui a confissão que a execução de todo o nosso trabalho dá-nos um prazer imenso, pois acima de tudo (e quase de todos) amamos muito PAREDES DE COURA, e em tudo a pretendemos elevar e dignificar, penso que foi isto que fizemos neste nosso primeiro ano de vida.

Para a nossa história registamos que neste dia contamos com cerca de 30 000 visitas, 249 posts e 201 comentários. Não podemos dizer que foram poucos os comentários, mas os nossos leitores podiam ser mais generosos! Será a não participação um mal dos nossos dias? Penso que não, sempre existiu, aliada a um certo pessimismo. É preciso acreditar que isto vai, é preciso ter Fé, adoptando a "máxima" de Aquilino Ribeiro: "Alcança quem não cansa".

A todos os que nos ajudaram a chegar até aqui, que nos apoiaram ou nos criticaram (por vezes a crítica é construtiva), o nosso muito obrigado.

Tal como dissemos há um ano atrás: “ Por Paredes de Coura, sempre por este Território com Alma”.

Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 00:00
Ligação do artigo | Comente | Ver comentários (6) | Adicionar aos favoritos
| | partilhar
Quinta-feira, 29 de Maio de 2008

Passado e Presente - 11

 Rua do Dr. Albano Barreiros, antigo centro cívico de Paredes de Coura, num dia de neve em 1963. Na foto podemos observar a Capela do Divino Espírito Santo, propriedade da Real Confraria, o Hospital da Misericórdia e as casas das famílias Barbosa e Oliveira.

 

Rua do Dr. Albano Barreiros, em Maio de 2008. É com alegria que vemos a conclusão das obras de restauro e melhoramento dos espaços exteriores da Capela do Divino Espírito Santo, que no passado Verão ouvimos de novo o som do órgão de tubos, e expectantes aguardamos ver de novo a tela, pertencente ao altar-mor, que representa a descida do Espírito Santo sobre os Apóstolos e a Virgem Maria (finalmente está a ser restaurada, fomos ouvidos?). Lembramo-nos bem quando dali foi retirada e guardada no coro alto da Capela, estávamos em finais da década de 80 do século XX e a Capela ia sofrer importantes obras de restauro, sendo que a 5 de Maio de 1991, na presença do então bispo da diocese de Viana, D. Armindo Lopes Coelho, o templo após as obras de conservação foi novamente aberto ao culto. Também sempre nos batemos pela remoção do inestético coreto que se situava no seu adro, felizmente foi demolido. 

Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 14:39
Ligação do artigo | Comente | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
| | partilhar
Quarta-feira, 28 de Maio de 2008

Cantinhos da Vila de Paredes de Coura - 23

"Alminhas" no lugar de Santa, situam-se próximo do arruamento de ligação ao interior do lugar e do "largo do tanque". Encontram-se embutidas no muro da propriedade do sr. Francisco Barreiro. Como todas as outras "Alminhas" caracterizam-se por um painel cerâmico, neste caso com a pintura de Nossa Senhora do Carmo e do Purgatório.

Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 15:19
Ligação do artigo | Comente | Adicionar aos favoritos
| | partilhar
Domingo, 25 de Maio de 2008

Cortejo Etnográfico 2007 - Cossourado

Continuando a mostrar as representações das freguesias courenses, no Cortejo Etnográfico 2007, assinalamos neste post a presença de Cossourado, com o quadro: "Trabalhos Agrícolas".

*

*

*

*

Numa lavrada não podiam faltar os cantares do Alto Minho, vejam o vídeo:

 

 

Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 20:48
Ligação do artigo | Comente | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
| | partilhar
Sábado, 24 de Maio de 2008

Festa da 1.ª Comunhão

A paróquia de Santa Maria de Paredes (Vila de Paredes de Coura), celebrou no passado dia 18 de Maio, a festa da 1.ª Comunhão. 
Devido à chuva que se fez sentir, as procissões de 13 de Maio e do "Corpo de Deus" não se realizaram, ficando a primeira adiada para dia 30 de Maio às 21:00.

 

*

*

*

*

*

Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 10:49
Ligação do artigo | Comente | Adicionar aos favoritos
| | partilhar
Sexta-feira, 23 de Maio de 2008

Recolha - "Quadra à Senhora da Lapa"

 

Continuando o nosso trabalho de recolha, onde todas as ajudas são bem-vindas, registamos uma quadra que ouvimos de uma amiga nossa, da freguesia de Paredes.

Sendo a "codicha", a crosta que ganham as papas quando ficam sólidas e frias, pensamos que este "dizer" era de alguém que concerteza provou a papa e não quis deixar vestígios, como fala em mãe será concerteza alguma criança que não resistiu à tentação e provou o pitéu antes do tempo.

Usamos a foto da Capela de Nossa Senhora da Lapa, em Resende, porque a Ela se refere a "prece":

"Nossa Senhora da Lapa,

Dai codicha à papa,

Vem a mãe da missa,

E a papa sem codicha".

 

 

 

 

Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 21:11
Ligação do artigo | Comente | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
| | partilhar
Quarta-feira, 21 de Maio de 2008

18.º aniversário da Casa Courense em Lisboa

No passado dia 10 de Maio, a Casa Courense em Lisboa festejou o seu décimo oitavo aniversário. Fundada em 8 de Maio de 1990, a Casa Courense em Lisboa é uma associação regionalista sem fins lucrativos, formada por courenses residentes na zona da Grande Lisboa. Esta colectividade prima pela divulgação dos usos e costumes de Paredes de Coura e do Minho e das suas gentes, bem como promove actividades culturais, recreativas e desportivas para os seus associados (cerca de 600, nas categorias de efectivos, aderentes e contribuintes).

A Casa Courense em Lisboa, presidida por Vitorino Lima Cunha, possui instalações próprias, situadas na Rua General Taborda, na freguesia de Campolide, em Lisboa. Neste local decorreu o jantar comemorativo do 18.º aniversário, onde estiveram presentes os presidentes do Município de Paredes de Coura, da Junta de Freguesia de Campolide e da direcção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Paredes de Coura; e representantes da Associação Cultural de Paredes de Coura, da Casa do Minho, do Rancho Folclórico “ Os Minhotos “ da Ribeira da Lage, do Sport Lisboa e Campolide, da Liga dos Amigos do Concelho de Valença, da Casa do Concelho de Arcos de Valdevez, da Casa do Concelho de Ponte de Lima e da Casa do Concelho de Tondela em Lisboa.

Depois do repasto, seguiu-se a actuação de alguns artistas, dentre os quais: Mário Gil (famoso pela música “Caminhos de Portugal) e o acordeonista Tino Costa.

Seguidamente, com a coordenação de José Beja, teve início a “noite de fados” com a presença do elenco do restaurante típico “Os Ferreiras”, propriedade do courense António Ferreira.

No final do espectáculo, a direcção da Casa Courense homenageou António Ferreira por toda a sua ajuda e disponibilidade, com a oferta de um painel cerâmico com os símbolos da Casa Courense e do restaurante típico “Os Ferreiras” (a cujo elenco de fadistas pertenceu o saudoso Fernando Maurício).

Na foto da esquerda para a direita: Vitorino Cunha, presidente da Casa Courense em Lisboa; António Barbosa da Silva, presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Paredes de Coura; Manuel Carvalho, representante da Casa Courense em Paredes de Coura, e António Pereira Júnior, presidente da Câmara Municipal de Paredes de Coura

Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 20:00
Ligação do artigo | Comente | Ver comentários (3) | Adicionar aos favoritos
| | partilhar
Segunda-feira, 19 de Maio de 2008

Está bem - Pintura de muros

Foi com bastante agrado que verificamos a pintura dos muros junto ao túnel rodoviário e ao Centro Coordenador de Transportes. Há algum tempo que careciam de limpeza e novo brilho, julgo que, conforme as possibilidades, outros espaços necessitam do mesmo trabalho: muros do largo de D. Maria Luísa Abreu e Antes (junto à rua de Aquilino Ribeiro), muros do Pavilhão Gimnodesportivo, entre outros...

Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 20:20
Ligação do artigo | Comente | Adicionar aos favoritos
| | partilhar
Domingo, 18 de Maio de 2008

Passado e Presente - 10

Parte do largo de Hintze Ribeiro e da rua de Conselheiro Miguel Dantas em 1936. Note-se, do lado esquerdo da foto, a presença do pelourinho nesse local bem como do "lago dos peixinhos" (único elemento que ainda sinto falta.  Durante as obras de remodelação urbanística da Vila, em 2003, foi destruído e substituido por uma espécie de fonte luminosa). Na imagem podemos ver a construção de passeios, e ao fundo, encostado ao muro do parque municipal, o antigo fontenário que actualmente se encontra junto à escadaria principal do largo de Hintze Ribeiro (mudado para aí em 2003).

Parte do largo de Hintze Ribeiro e da rua de Conselheiro Miguel Dantas em Maio de 2008.

Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 21:34
Ligação do artigo | Comente | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
| | partilhar
Sexta-feira, 16 de Maio de 2008

Encerramento do "Mês de Maria" - Maio de 1966

Corria o ano de 1966, há três anos que tinha sido inaugurada a "nova Matriz", e os católicos de Coura, liderados pelo ,então, padre Nunes de Abreu (honra lhe seja feita, um grande e dinâmico líder), resolvem encerrar em grande o "Mês de Maria". A 31 de Maio de 1966, a imagem de Nossa Senhora de Fátima, acompanhada de algumas crianças vestidas de anjinhos, foi transportada por uma camião devidamente engalanado, desde a Rua de Dr. Albano Barreiros (defronte da Capela do Divino Espírito Santo) até à "nova" Igreja Matriz. 

Nunes de Abreu, o então pároco de Santa Maria de Paredes e arcipreste de Paredes de Coura, junto ao camião que transportou a imagem de Nossa Senhora de Fátima.

Nesta foto, para além da imagem da Virgem, e das criancinhas, pudemos identificar: Eduardo Sequeira Estrela, chefe da Secretaria de Câmara Municipal de Paredes de Coura; o já citado Nunes de Abreu; a esposa de Eduardo Estrela; Emília Oliveira Barbosa e outras senhoras que colaboravam nas actividades paroquiais.

Paredes de Coura é Terra de Santa Maria!

Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 20:25
Ligação do artigo | Comente | Ver comentários (3) | Adicionar aos favoritos
| | partilhar
Quarta-feira, 14 de Maio de 2008

Está Mal - Espantalhos

Exposição de espantalhos, elaborados pelas crianças dos jardins-de-infância, nas ruas e largos de Paredes de Coura.

Dia 3 de Maio de 2008

*

Dia 4 de Maio de 2008

Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 22:56
Ligação do artigo | Comente | Ver comentários (3) | Adicionar aos favoritos
| | partilhar

Poema - Praia Fluvial do Taboão

 

 

Praia Fluvial  do Taboão
 
Também tens os teus encantos,
As tuas histórias de Amor,
Os teus anseios,
Os teus sonhos,
As tuas lutas,
As tuas Esperanças.
 
Tens os teus escritos,
O teu Canto,
O teu Teatro,
As tuas Festas,
Os teus Amigos,
As tuas Procissões
E ainda,
Escritores, Jornalistas e Poetas
 
E a tua sensibilidade!
 
Olhas altaneira o teu Rio,
A tua Praia
Voltada para ti,
 
Tens o encanto
Da tua Mocidade
E do que pretendes fazer
E fazes!
 
E és o símbolo
Da luta,
Do voltar da página
Para a mudança
Que apaga a amargura
E dá a Verdade!
 
Canto a tua Alegria
E a nossa Liberdade!
 
 


Maria Luísa O. Maldonado Adães
  
       14 de Maio de 2008

 

 

É com muito gosto que publicamos um poema sobre a Praia Fluvial do Taboão, e que foi brilhantemente escrito por Maria Luísa Maldonado Adães, escritora e poetiza, possuidora do blogue: www.prosa-poetica.blogs.sapo.pt

Agradecendo estas lindas palavras, lançamos o desafio para mais poemas e mais escrita sobre o nosso "Território com Alma"

Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 21:25
Ligação do artigo | Comente | Ver comentários (3) | Adicionar aos favoritos
| | partilhar
Terça-feira, 13 de Maio de 2008

Cantinhos da Vila de Paredes de Coura - 22

Nicho de Nossa Senhora do Sameiro (Sr.ª da Conceição). Encontra-se embutido na parede lateral da Casa dos "Gonçalves Pereira", na rua do Dr. Albano Barreiros (conhecida como "Calçada da Cadeia").

Este marco de oração, é formado por um conjunto de azulejos representando Nossa Senhora da Conceição do Monte Sameiro, por uma pequena pianha para colocar flores ou outras ofertas, e por um painel de fundo em mármore castanha. Nesse painel está gravado: "Crianças - 1964".

Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 14:05
Ligação do artigo | Comente | Adicionar aos favoritos
| | partilhar

Peregrinação Segura

 

 

"Peregrinação a S. Bento é uma aventura
Aproxima-se o mês de Julho e com ele uma das mais tradicionais romarias alto-minhotas, falamos das festividades em honra de S. Bento da Porta Aberta. Nos últimos anos, esta festa parece devolvida ao brilho que já tivera outrora, tendo cada vez mais participantes. Do seu programa é imperdível a já tradicional despedida das bandas, momento ímpar de alegria e paixão musical, com as mordomas da festa a colocarem cravos nos casacos dos músicos.
Mas do que vimos falar é das centenas de peregrinos que por esta altura, todos os dias, vindos dos mais diversos pontos, se encaminham para o santuário. As poucas condições das bermas da estrada e alguma falta de cuidado dos peregrinos transformam, muitas vezes, esta caminhada de fé em aventura rodeada de perigo. Temos visto um pouco de tudo: grupos de peregrinos a caminharem, irresponsavelmente, pela sua direita; caminhantes nocturnos sem o colete reflector; o uso de roupas escuras e grupos com os seus elementos a caminharem a par, despreocupada e levianamente invadindo a faixa de rodagem, e não em fila indiana, desaproveitando até alguns dos passeios que já poderão ser utilizados. Isto agravado pelas obras que decorrem no troço da estrada nacional entre Paredes de Coura e Cossourado. Não será esta a altura das entidades competentes colocarem ao longo da citada estrada avisos e recomendações aos peregrinos no sentido de redobrarem as cautelas?
Boa peregrinação, que S. Bento a todos proteja!
 
In: http://www.noticiasdecoura.com/index.php?pag=noticia_detalhes&recordID=2795
Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 08:55
Ligação do artigo | Comente | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
| | partilhar

Cortejo Etnográfico 2007 - Cunha

 

A freguesia de Cunha, como não podia deixar de ser, e muito bem, representou no Cortejo Etnográfico 2007 as afamadas "Papas de Milho-miúdo". Com o cultivo característico nessa freguesia do concelho, o milho-miúdo era (é) utilizado para a confecção das papas de leite. Geralmente na Feira Mostra de Produtos Regionais, que se realiza no mês de Junho, todos podem apreciar este pitéu no stand de Cunha.

Moagem do milho, na pia de pedra com o auxílio do pilão.

Mãos habilidosas preparam as papas de milho-miúdo.

 

Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 00:01
Ligação do artigo | Comente | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
| | partilhar
Segunda-feira, 12 de Maio de 2008

Cancioneiro Courense - Vira de Cristelo

Vira de Cristelo, interpretado pela tocata do Grupo Etnográfico (a comemorar 25 anos) da Associação Cultural Recreativa Desportiva de Paredes de Coura, ao vivo nos estúdios da Rádio Valdevez, aquando o encerramento da série de edições dedicadas a Paredes de Coura do programa "Minha Terra, Linda Aldeia. Este vira era interpretado pelo extinto Rancho Folclórico de Cristelo, e hoje em dia é tocado pelo Etnográfico de Paredes de Coura, muitas vezes escolhido até como "Vira Geral".
Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 22:09
Ligação do artigo | Comente | Ver comentários (3) | Adicionar aos favoritos
| | partilhar
Domingo, 11 de Maio de 2008

Passado e Presente - 9

 

Largo do Visconde de Mozelos, na década de 30 do século XX, com a casa do Visconde (Hotel Central, depois Hotel Bacelar), Igreja Velha e Paços do Concelho. Chamo a atenção para a anterior localização do Pelourinho (do lado direito da foto).

 

 

Largo do Visconde de Mozelos - Outubro de 2007

Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 18:52
Ligação do artigo | Comente | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
| | partilhar

Cortejo Etnográfico 2007 - Mozelos

A Associação Cultural de Mozelos representou no Cortejo Etnográfico 2007, uma recriação histórica do ambiente vivido na época do 1.º Visconde de Mozelos.

 

Armando Alves Araújo, presidente da Associação Cultural Recreativa Desportiva de Mozelos.

*

*

*

*

*

*

*

 *

*

António Pereira Júnior, presidente do Município entrega a lembrança de participação ao presidente da Junta de Freguesia de Mozelos, Manuel Alfredo B. Nogueira.

Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 18:18
Ligação do artigo | Comente | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
| | partilhar

Exposições em Paredes de Coura

www.cm-paredes-coura.pt

 


*Museu Regional de Paredes de Coura

 

Exposições permanentes :

O Ciclo do Linho

Evocações do Mundo Agrícola

A Casa Tradicional

Sala de Arqueologia

 

Horário de Inverno (15 de Setembro a 15 de Junho)

9.30-12.30 e das 14.00 às 18.00 (de terça a sexta)

Sábado e Domingo das 14.00 às 18.00

Encerra às Segundas  

Horário de Verão (15 de Junho a 15 de Setembro)

10.00 - 12.00 e das 14.00 às 19.00

Sábado e Domingo: 14.00 às 19.00

Encerra às Segundas

 

 

Localização: Rua de Aquilino Ribeiro, na vila de Paredes de Coura, na antiga "Quinta da Veiga".

 Tel. 251780122; Fax. 251780120

biblioteca@cm-paredes-coura.pt

http://www.cm-paredes-coura.pt/cultura/museu.php

www.geira.pt/mmparedescoura/

 

*Centro de Educação e Interpretação Ambiental

Lugar de Lamas - Vascões

Informações: 251780010

 

 

  • "Do Baldio à Colónia Agrícola da Boalhosa"

Organização: Serviço de Arquivo da Câmara Municipal de Paredes de Coura. Textos: Maria de Fátima Silva Cabodeira. Projecto gráfico: José Paulo Felgueiras da Silva.

 

A mostra dá a conhecer o processo de criação daquela estrutura agrária, durante o Estado Novo, na década de 50 do séc. XX, e a sua posterior actividade, revelando documentos e fotografias inéditas, complementadas por textos explicativos.

"A Colónia Agrícola da Boalhosa foi criada pelo Estado Novo, no âmbito da política de reestruturação agrária, conduzida pela Junta de Colonização Interna, que tornou cultiváveis extensas áreas de terreno baldio.

Modernizar a agricultura, proporcionar melhores condições de vida às famílias carenciadas e povoar as zonas mais recônditas do país eram objectivos prosseguidos pelo Governo, no intuito de promover o desenvolvimento económico.

Seguindo as formalidades legais, o estudo de baldios para colonizar foi desenvolvido a partir de 1948, tendo o projecto de execução sido iniciado em 1952, pelo que em 1957 foram instalados os primeiros colonos na Colónia Agrícola da Boalhosa, com um perímetro de 672 hectares.

O projecto inicial compreendia dois núcleos, o da Lameira do Real (com implantação em Arcos de Valdevez e Monção) e o de Vascões, constituído por 15 habitações geminadas, com capacidade para acolher 30 "casais agrícolas", complementado por outros equipamentos, designadamente a escola primária e a residência do professor – actuais instalações do Centro de Educação e Interpretação Ambiental do Corno de Bico (CEIA) -, o forno comunitário, um posto médico e uma capela, sendo que estes dois últimos nunca se chegaram a construir por falta de financiamento.

Após uma árdua e intensa actividade de exploração dos campos, que levou à criação da «Sociedade dos Agricultores da Boalhosa, Lda» - encarregue de gerir, por ordem de volume de comercialização, a produção de batata de semente, a pecuária de carne e leite, o centeio e o milho – a referida Colónia Agrícola foi extinta pelo Decreto-Lei n.º 482/88, de 26 de Dezembro, tendo as propriedades ficado na posse definitiva dos colonos mediante a sua aquisição ao Estado."

 

 

 

 

Painel em Lamas-Vascões

Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 07:30
Ligação do artigo | Comente | Adicionar aos favoritos
| | partilhar

.Mais sobre mim

.Pesquisar neste blog

 

.Artigos recentes

. Festas do Concelho de Par...

. XXIV Feira Mostra de Prod...

. Festa da Truta - De 2 a 4...

. Hoje - Mês de Maria - Pro...

. Concerto a Maria pelo Orf...

. Casa de Deus há 54 anos!

. 43.º aniversário do 25 de...

. REALIZAR: poesia | Parede...

. ASSOCIAÇÃO DE PADORNELO D...

. Rezar pelos doentes e pel...

.Arquivos

. Agosto 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.Ligações

.últ. comentários

QUEM EXISTE E AINDA VIVE EM PAREDES DE COURA SÃO O...
SIM. QUEM ESTA A RESPONDER É UMA PRIMA QUE TAMBEM ...
Procurei este nome na internet por mera curiosidad...
Tenho muito péna ver certas alminhas acabar assim
Orgulho de um familiar . Pelo visto a familia e g...
Gosteis desta coberturas de piscinas (http://www.c...
Boa obra do Municipio.
Desculpe troquei o nome, o correto é Miguel do pat...
Olá José, somente agora vi os comentarios no blog ...
Ola Teresa, somente agora visualizei sua mensagem,...

.mais comentados

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.subscrever feeds

blogs SAPO