Terça-feira, 29 de Novembro de 2016

Memória do Beato Redento da Cruz

A 29 de Novembro celebra-se a memória do Beato Redento da Cruz, courense, religioso e Mártir. Lembrado na Diocese de Viana do Castelo, na Ordem Carmelita e na Ordem dos Carmelitas Descalços.

O Beato Redento da Cruz, nasceu no lugar de Lizouros, freguesia de Cunha, com o nome de Tomás Rodrigues da Cunha, sendo filho de Baltazar Pereira e de Maria da Cunha.  

Faleceu, sofrendo martírio,  a 29 de Novembro de 1638, em Achém, na ilha de Samatra, na Indonésia.

Beatificado pelo Papa Leão XIII a 10 de Junho de 1900.

 

 

 

Monumento em honra do Beato Redento da Cruz, inaugurado em 1998 no lugar de Abróteas, freguesia de Cunha, aquando as Comemorações do IV Centenário do seu nascimento.

 

 

 Da pagela publicada pela Igreja:

"Vida do Beato Redento da Cruz

Redento da Cruz, no século Tomaz Rodrigues da Cunha, português, nobre por ascendência, nascido em 1598, era filho de Baltasar Pereira e D. Maria da Cunha, e natural da povoação de Lizouros, freguesia de Santa Maria de Cunha, concelho de Paredes de Coura.

Ainda adolescente partiu para as Índias orientais e, seguindo a carreira das armas, foi Capitão da guarda da cidade de Meliapor; porém depois tomou o hábito dos irmãos conversos na Ordem dos Carmelitas Descalços.

Como fosse insigne na piedade e suavidade de costumes, foi destinado aos lugares de porteiro e sacristão em vários conventos.

Tendo desempenhado estes cargos com a maior perfeição, foi finalmente, por ordem dos superiores, dado como companheiro ao Beato Dionísio, que partia para a Ilha de Samatra, missão que recebeu de ânimo tanto mais alegre que, por uma inspiração quase divina, pressentira que lhe era seguro caminho para o martírio.

Chegando porém à ilha, foi carregado de ferros com o Beato Dionísio e todos os companheiros, e reduzido à escravidão. Coube-lhe em sorte um senhor feroz que depois de o ter atormentado com todas as espécies de vexames e tormentos, rapada a cabeça, barba e sobrancelhas, o expôs ao ludíbrio dos infiéis; ligou-lhe os pés com ferros de arestas vivas e pôs-lhe a vida em grande risco com acerbíssima fome.

Tudo isto, Redento sofreu intrepidamente, e não temeu resistir ao próprio rei que pretendia abalar a sua constância.

Levado finalmente à praia do mar com os restantes confessores da fé, foi o primeiro de todos que, alvejado com setas e trespassado com espadas e lanças envenenadas, morreu mártir.

Sobre os corpos dele e dos restantes mártires, que conjuntamente pereceram, enquanto estiveram insepultos, várias vezes durante a noite, com grande admiração dos infiéis e hereges, foram vistos brilhar esplendores de luz e ouvidos celestes concertos.

O que tudo devidamente provado, o Sumo Pontífice Leão XIII, no ano do jubileu de 1900, inscreveu Dionísio da Natividade e Redento da Cruz no catálogo dos Bem-aventurados Mártires.

(Do antigo Breviário Bracarense)."

 

 

 

 

Oração

Ó Deus, que por admirável disposição conduziste os bem-aventurados Dionísio e Redento, através dos perigos do mar, à palma do martírio, concedei-nos, pela sua intercessão, que entre as dissipações e desejos deste mundo, permaneçamos fiéis até à morte na confissão do vosso nome. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Ámen

 

Painel de azulejos existente na Casa Grande de Paredes de Coura

Sinto-me:
Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 00:01
Ligação do artigo | Comente | Adicionar aos favoritos
| | partilhar

Imagem do Beato Redento da Cruz

 

 

Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 00:00
Ligação do artigo | Comente | Adicionar aos favoritos
| | partilhar
Segunda-feira, 1 de Outubro de 2012

Cortejo Etnográfico 2012 - Cunha


 


 


 


 


Prece a Santo Estevão, e transporte do santo até ao monte a solicitar a chuva, foram os episódios representados pela freguesia de Cunha.
Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 16:19
Ligação do artigo | Comente | Adicionar aos favoritos
| | partilhar
Sexta-feira, 18 de Junho de 2010

Cunha - Centenário das Comemorações da Travanca

Não é só o Centenário da República que 2010 assinala. No mês de Maio passaram igualmente 100 anos sobre a publicação do folheto “Memórias sobre os Combates da Travanca”, da autoria do Tenente-Coronel Manuel José da Cunha Brandão, ilustre figura concelhia que nos legou importantes testemunhos históricos.

Ainda na freguesia de Cunha, 100 anos passam também sobre a inauguração da capela de Nossa Senhora das Neves, no Lugar da Abróteas, a 21 de Agosto de 1910.

O terceiro centenário diz respeito às grandiosas comemorações dos Combates da Travanca, que decorreram no Lugar de Cerdeira, em 10 de Agosto de 1910. Na ocasião foi descerrada na capela de São Lourenço a lápide comemorativa visível na foto anexa.

in Jornal Notícias de Coura, edição n.º 164, 08 de Junho de 2010

Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 11:50
Ligação do artigo | Comente | Adicionar aos favoritos
| | partilhar
Sexta-feira, 26 de Fevereiro de 2010

Cortejo etnográfico 2009 - Cunha

*

*

*

*

*

*

*

*

*

Os Combates da Travanca, que em parte se desenrolaram em Cunha nos dias 9 e 10 de Agosto de 1662 durante a Guerra da Restauração, foram representados por essa freguesia no Cortejo Etnográfico 2009.

Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 18:29
Ligação do artigo | Comente | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
| | partilhar
Quinta-feira, 23 de Julho de 2009

Feriado Municipal em São Lourenço

 

Assinala-se no próximo dia 10 de Agosto (feriado municipal) 100 anos desde que as autoridades municipais de Paredes de Coura passaram a estar presentes na missa comemorativa dos Combates da Travanca, que tem lugar na capela de S. Lourenço, no Lugar de Cerdeira, em Cunha. Conta-nos Narciso Alves da Cunha, no seu livro “No Alto Minho – Paredes de Coura”, que, em 1909, por sua proposta e sob a sua presidência a Câmara Municipal “com todos os seus empregados e estandarte assistiu à festividade de S: Lourenço”.
Esta presença municipal na festividade de S. Lourenço foi o fomento para as grandes comemorações que ali se assinalaram em 1910, com destaque para a inauguração da lápide que ainda hoje se conserva no frontispício da capela.
A este propósito devo recordar que caiu no absoluto esquecimento um projecto da autoria da comissão das comemorações do 10 de Agosto de 1910 que previa erigir um “padrão” no sítio dos Combates da Travanca.
In: Jornal Notícias de Coura, n.º 145 de 21 de Julho de 2009
Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 17:37
Ligação do artigo | Comente | Adicionar aos favoritos
| | partilhar

.Mais sobre mim

.Pesquisar neste blog

 

.Artigos recentes

. Memória do Beato Redento ...

. Imagem do Beato Redento d...

. Cortejo Etnográfico 2012 ...

. Cunha - Centenário das Co...

. Cortejo etnográfico 2009 ...

. Feriado Municipal em São ...

.Arquivos

. Agosto 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.Ligações

.últ. comentários

QUEM EXISTE E AINDA VIVE EM PAREDES DE COURA SÃO O...
SIM. QUEM ESTA A RESPONDER É UMA PRIMA QUE TAMBEM ...
Procurei este nome na internet por mera curiosidad...
Tenho muito péna ver certas alminhas acabar assim
Orgulho de um familiar . Pelo visto a familia e g...
Gosteis desta coberturas de piscinas (http://www.c...
Boa obra do Municipio.
Desculpe troquei o nome, o correto é Miguel do pat...
Olá José, somente agora vi os comentarios no blog ...
Ola Teresa, somente agora visualizei sua mensagem,...

.mais comentados

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.subscrever feeds

blogs SAPO