Sexta-feira, 13 de Março de 2009

Dar vida às tradições: Serrada da Velha

*

*

*

 

A Associação Cultural de Vascões recriou no passado dia 7 de Agosto de 2008 (véspera das Festas do Concelho), uma tradição de antanho: a Serrada da Velha.

*

*

 

 

*

 

 

*

 

Durante a Quaresma, período reservado ao recolhimento e à oração, um grupo de homens, de noite, cantava à porta das velhas da freguesia, e tinham com elas diálogos acessos, de mal dizer e em constante desafio. Elas respondiam com longas perseguições, com paus para bater aos homens provocadores, e arremessando os mais variados objectos. Esta era uma forma encontrada pela população para se divertir, num período dedicado à meditação, jejum e abstinência.

*

 

 

Na rua do Conselheiro Miguel Dantas e no Largo do Visconde de Mozelos, as gentes de Vascões recriaram os trabalhos do campo e as canções durante o período quaresmal, bem como os episódios da serrada e da visita pascal.
Aqui ficam algumas quadras da música da Serrada da Velha, quem em tempos tivemos o gosto de promover e transmitir, através da gravação do cd de Mestre Bento Macedo
Nós vamos serrar a velha
Na noite que nos é dado
Serra-se a velha, serra-se a nova
Serra-se a velha, a velha, a velha
 
Serra-se a velha para o forro
E a nova para o tabuado
Serra-se a velha, serra-se a nova
Serra-se a velha, a velha, a velha
 
 
Minha mãe tem um pandeiro
E não sabe tocar
Serra-se a velha, serra-se a nova
Serra-se a velha, a velha, a velha
 
Só toca a minha tia
Ou toca a minha avó
Serra-se a velha, serra-se a nova
Serra-se a velha, a velha, a velha

 

*

Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 17:19
Ligação do artigo | Comente | Ver comentários (3) | Adicionar aos favoritos
partilhar
Sexta-feira, 6 de Fevereiro de 2009

Cortejo Etnográfico 2007 - Vila de Paredes de Coura

Encerramos com este artigo, a fotorreportagem do Cortejo Etnográfico, que se realizou no dia 11 de Agosto de 2007, aquando as Festas do Concelho de Paredes de Coura. De bastante qualidade, será difícil igualar essa edição porém, desejamos vivamente que se promova este número nas festas do presente ano, para recordarmos, e principalmente transmitirmos as nossas tradições do Alto Minho.

A Vila de Paredes de Coura representou os “Serões de antigamente”. 
*
Num serão, com a ajuda dos vizinhos, num mutualismo ainda hoje existente em terras de Coura, podia-se debulhar o milho.
*
*
*
Mãos experientes a sedar e espadelar o linho.
*
*
Os trabalhos do linho requeriam ainda que fosse fiado, passando depois pelo sarilho, até ao novelo. Para além da fiada do linho, os serões também eram aproveitados para bordar, tecer e costurar alguns tecidos.
*
No intervalo desses trabalhos, bem como no final, não podiam faltar os petiscos, principalmente os produtos derivados do milho (broa, bolo do tacho,  e em casas mais abastadas: papas e biscoitos de milho), ou não fosse Paredes de Coura conhecida noutros tempos como "Celeiro do Minho".
*
Depois da labuta, vinha a diversão, com os cantares e as danças alto-minhotas.
*
*
*
*
Mas eis que, na casa onde decorria a fiada, as brasas da cozinha fizeram das suas, e um incêndio começou a deflagrar perante o pânico de todos. Tocando a rebate, os sinos da velhinha Igreja Matriz, deram o alerta aos populares da freguesia e aos valorosos soldados da paz, que com a ajuda de uma bomba braçal conseguiram extinguir o fogo.
Esta recriação foi um dos quadros mais aplaudidos e apreciados do cortejo.
António Pereira Júnior, presidente da Câmara Municipal, saúda Joaquim Felgueiras Lopes, presidente da Junta de Freguesia de Paredes de Coura, que liderou a organização do quadro etnográfico que representou a sede de concelho.
Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 16:23
Ligação do artigo | Comente | Ver comentários (5) | Adicionar aos favoritos
partilhar
Terça-feira, 6 de Janeiro de 2009

Anúncio do VIII Encontro de Janeiras de Paredes de Coura

Dia 10 de Janeiro de 2009

 

 

Concentração no Largo do Visconde de Mozelos (junto à Câmara Municipal) às 21:00, seguido de desfile pela Rua do Conselheiro Miguel Dantas e apresentação no Centro Cultural de Paredes de Coura
Entrada Livre
Com a participação das Associações Culturais, Escolas, Instituições e Freguesias do Concelho.

 

Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 10:40
Ligação do artigo | Comente | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
partilhar
Quinta-feira, 18 de Dezembro de 2008

Presépio Mecânico de Paredes de Coura

Para deleite de miúdos e graúdos, já se encontra colocado no Largo do Visconde de Mozelos (frente aos Paços do Concelho), o tradicional presépio mecânico, brilhantemente construído há mais de uma década pelos funcionários municipais de Paredes de Coura.

Para além das figuras de Belém, também são reproduzidas algumas cenas minhotas de antanho.

*

*

Assim sendo, estão expostos quadros como o moinho à beira-rio, o moleiro a picar a mó, os cavadores, os lenhadores, o engenho de serração da madeira e o carro de bois carregado com madeira, os serradores, a espadelada do linho, e a novidade deste ano: a oficina do ferreiro.

 

 

 

 

 

 

 

Sinto-me:
Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 17:30
Ligação do artigo | Comente | Ver comentários (6) | Adicionar aos favoritos
partilhar
Terça-feira, 16 de Dezembro de 2008

"As paridas"

 

De todas as sobremesas de Natal, as rabanadas de vinho, ou "paridas" nunca faltam na mesa lá de casa. Para as confeccionar basta adicionar ao tradicional pão de peça (de preferência com dois ou mais dias), cortado às fatias, uma mistura de vinho tinto aquecido e mel, podendo às vezes juntar-se um pauzinho de canela para aromatizar.

Quanto ao nome de "paridas", contam-me os de mais idade que, deriva do facto deste doce, em tempos de outrora, ser confeccionado para as senhoras que estavam a amamentar, para assim as fortalecer.

Sinto-me:
Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 11:31
Ligação do artigo | Comente | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
partilhar
Sexta-feira, 5 de Dezembro de 2008

Foto-reportagem do Magusto da ACRDPC

"No Museu com água na boca

 

*

 

Uma vez mais o Museu Regional de Paredes de Coura mostrou-se um museu vivo e de portas abertas à população, acolhendo, a 15 de Novembro, um magusto tradicional, da responsabilidade da Associação Cultural de Paredes de Coura.
*
*
*
Com entrada livre, o magusto contou com a cozedura da broa de milho, como sempre levada a bom forno na típica cozinha da velha Quinta da Veiga.
*
*
Castanhas, vinho novo, frutos secos e caldo verde completaram o leque de paladares que fizeram crescer água na boca das largas dezenas de convivas que não esqueceram a concertina e o bailarico da ordem.
*
Notadas e apreciadas foram as presenças do vice-presidente do município e do presidente da Junta, que há muito habituaram a Associação às suas atenções."
in Jornal Notícias de Coura
Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 18:26
Ligação do artigo | Comente | Ver comentários (3) | Adicionar aos favoritos
partilhar
Quinta-feira, 6 de Novembro de 2008

Dar vida às tradições: Fiada do Linho

 

Continuando a mostrar algumas actividades culturais realizadas no nosso "Território com Alma", publicamos fotos e um vídeo da recriação de uma Fiada do Linho. Esta encenação, realizada no passado dia 12 de Agosto, esteve a cargo da Associação Cultural de Rubiães. No palco do Centro Cultural de Paredes de Coura, foram apresentadas várias cenas de antanho, momentos esses que foram de extrema importância para as gerações mais novas, que assim ficaram a conhecer alguns usos e costumes do passado, bem como instrumentos e alfaias: roca, fuso, sarilho, roda, cortiço, cedeiro...

 

As Fiadas do Linho eram momentos de reunião e de convívio para dezenas de pessoas, que chegavam a deslocar-se alguns quilómetros para assistir e participar nas mesmas.

 

Fica-nos na lembrança, uma anciã que nos explicou o motivo da permanência em pé de uma rapariga durante a Fiada: só se sentaria ao pé de um rapaz caso tivesse consentido que lhe falasse, se o rejeitasse permaneceria de pé. Escusado será dizer que, se um rapaz fosse aceite e outro não, logo haveria cena de pancadaria, como foi muito bem retratado nesta encenação.

Destacamos uma senhora rubianense, que habilmente espadelava (com a espadela e o cortiço) o linho. 

*

No final, como não podia deixar de ser, foi servida uma merenda a todos os presentes...

... e não faltaram as cantigas regionais, vejam o vídeo:

 

 

Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 13:29
Ligação do artigo | Comente | Ver comentários (8) | Adicionar aos favoritos
partilhar
Quarta-feira, 20 de Junho de 2007

Vila de Paredes de Deus - Dia de Corpo de Deus 2007

 

 

 

Homenagem pessoal a todo o voluntariado (porque ele ainda existe) que compôs os tradicionais tapetes de flores e serrim pintado.

Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 08:49
Ligação do artigo | Comente | Adicionar aos favoritos
partilhar

.Mais sobre mim

.Pesquisar neste blog

 

.Artigos recentes

. Cortejo Etnográfico 2012 ...

. MOZELOS -7.º ENCONTRO DE ...

. Cortejo Etnográfico 2012 ...

. Cortejo Etnográfico 2012 ...

. Cortejo Etnográfico 2012 ...

. Vídeo de Manuel Brito - C...

. Vídeo de Manuel Brito - C...

. Vídeo de Manuel Brito - C...

. Bento Macedo - Tocador de...

. Cancioneiro Courense - Ch...

.Arquivos

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Março 2020

. Junho 2019

. Maio 2019

. Novembro 2017

. Agosto 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.Ligações

.últ. comentários

Desculpe,como podem ser seus avós? Eu sou bisnetaE...
Passaram ontem, dia 24 de novembro, 58 anos anos d...
Boa tarde. Alguém sabe quem fez a sinalética em ma...
Bom dia.A minha mãe tem 85 anos e recorda-se que n...
Boa noite podiam me dar algum contacto da confrari...
QUEM EXISTE E AINDA VIVE EM PAREDES DE COURA SÃO O...
SIM. QUEM ESTA A RESPONDER É UMA PRIMA QUE TAMBEM ...
Procurei este nome na internet por mera curiosidad...
Tenho muito péna ver certas alminhas acabar assim
Orgulho de um familiar . Pelo visto a familia e g...

.mais comentados

.Janeiro 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
30
31

.subscrever feeds

SAPO Blogs
Em destaque no SAPO Blogs
pub