Terça-feira, 18 de Setembro de 2012

Festas do Concelho de Paredes de Coura 2012 - Cantares dos Reis no Cortejo Etnográfico


11 de Agosto de 2012

Cantares dos Reis, último quadro da representação da freguesia de Paredes de Coura intitulada "Natal de outrora"
Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 10:34
Ligação do artigo | Comente | Adicionar aos favoritos
partilhar
Terça-feira, 22 de Maio de 2012

36.º Aniversário da Associação Cultural Recreativa e Desportiva de Paredes de Coura

Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 18:10
Ligação do artigo | Comente | Adicionar aos favoritos
partilhar
Quinta-feira, 17 de Maio de 2012

"Oh que água fria, oh que água brava"

 

Feira do Livro de Paredes de Coura 2012

 

Actuação conjunta do Grupo Cantares do Campo, de Formariz, e do Grupo de Cantigas da Associação de Padornelo.

Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 19:03
Ligação do artigo | Comente | Adicionar aos favoritos
partilhar
Segunda-feira, 23 de Abril de 2012

Fotorreportagem do Espectáculo Musical "Cantar Abril e Zeca Afonso"

 
 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
Grupo de Cantigas "Ré Maior"
 
Fotos de Elisabete Marinho
Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 18:31
Ligação do artigo | Comente | Adicionar aos favoritos
partilhar
Quinta-feira, 15 de Março de 2012

XXV Aniversário da Associação C. R. D. de Padornelo - Acordes de Primavera

 

VI Encontro de Música Popular Portuguesa - Acordes de Primavera

 

25 de Março de 2012

 

15:00

 

Sede Social da ACRDP – Calçada da Associação Cultural, n.º 22 - Padornelo

 

  • Grupo de Cantigas da ACRD de Padornelo
  • ACDR dos Amigos Tocadores de Concertina do Concelho de Ponte de Lima
  • Grupo “Cantares do Campo” - Formariz
  • Grupo de Cavaquinhos “Os Teimosos” – Monção

 

Entrada Grátis

Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 15:50
Ligação do artigo | Comente | Adicionar aos favoritos
partilhar
Quinta-feira, 8 de Setembro de 2011

Festas do Concelho de Paredes de Coura 2011 - Entrada da Banda de Música de São João da Madeira

Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 15:09
Ligação do artigo | Comente | Adicionar aos favoritos
partilhar
Quarta-feira, 20 de Outubro de 2010

Bento Macedo - Tocador de concertina

 

 

 

Amigo leitor, vem daí comigo para uma viagem diferente, ao longo de décadas, com várias etapas, um só percurso! Vem daí conhecer melhor a vida de Bento Macedo, mestre de concertina, e também da terra que o viu nascer. Vem daí à freguesia de Vascões, ao lugar histórico da Giesteira!

 

«(…) Mas é certo, que por mais que os olhos queiram procurar outros assuntos, eles não deparam senão com essa luxuriosa natureza, fecundada e boa, que instintivamente nos recorda todas as felizes abundâncias da propriedade, as eiras cobertas pelo milho, os rebanhos nédios, os frutos saborosos, o leite puríssimo, os linhos corando sobre a relva húmida dos prados. É isto o que é e sempre foi Coura. (…)» in Vieira, José Augusto; “O Minho Pitoresco”

 

 

Bento Fernandes Macedo, nasceu a 26 de Abril de 1950, no lugar da Giesteira, freguesia de Vascões, concelho de Paredes de Coura, distrito de Viana do Castelo. Pelo que conta nas suas histórias, não foi muito longe da introdução que inicia este texto, que conheceu todo o concelho de Paredes de Coura. Hoje já não é bem assim, fruto do tempo e do progresso. Mas para sua felicidade, o lugar onde nasceu ainda está muito bem conservado, cabe-te a ti, leitor, fazer uma visita á Giesteira, e de lá admirar o mais lindo carvalhal da Europa, deixa-te envolver pela natureza, aproveita todos os segundos neste “ Éden “ perdido. Talvez fruto desse ambiente, nasceu e viveu neste lugar, uma personagem histórica conhecida ainda hoje como o Padre Giesteira, ou sábio da Giesteira (Séc.XVII). Devido ás suas múltiplas virtudes, e ao seu dom de notável orador sagrado, conseguiu protectorado para a sua casa e para o seu lugar. Quase até aos dias de hoje, a Giesteira gozou desses privilégios, como costuma contar Mestre Bento, ninguém entrava ou passava por lá, sem antes pedir licença, ficando também este lugar a ser refúgio de foragidos, de pobres, de desprotegidos. Vai à Giesteira leitor, descobre a casa do Sábio, vai ver a Capela da Sr.ª da Conceição, vai ver as casas, os alpendres, os palheiros, onde na infância Mestre Bento convivia com os pobres que por lá se alojavam, e com eles comia da marmita de alumínio, a pobre refeição de bocados de pão esmigalhado com água. Outros tempos…! Desde a infância, Bento Macedo, ficava entusiasmado com os sons das concertinas, pedindo aos tocadores da época que o deixassem experimentar. O resultado foi o rápido assimilar das notas soltas, próprias desse instrumento musical.

  

 

A primeira concertina

Aos nove anos de idade foi-lhe oferecida uma velha concertina, por um amigo de seu pai, vindo de Lisboa, que passava férias na Giesteira. Imagina leitor, a cara de felicidade daquele menino! Num passado já longínquo, realizavam-se em Vascões, grandiosas festas em honra de Stº António. Bento recorda com saudade desses tempos, onde não faltavam os bailaricos, e onde se reunia uma grande multidão de forasteiros, ainda hoje se canta uma música própria dessa romaria. Era também no adro da Capela dedicada àquele Santo que se dava anualmente a uma prática tradicionalista: reza a história, que no dia da Espiguinha, armava-se um baloiço, num carvalho do adro. Quem lá se balouçasse ficava protegido durante todo o ano de maleitas da cabeça. Em 1958, dá-se nas terras de Coura, o ressuscitar das festas concelhias, e logo se efectua um concurso de ranchos folclóricos. Várias foram as freguesias que se apresentaram a concurso, entre as quais Vascões, e a vizinha freguesia de Bico, cada qual com o seu bairrismo típico! Devido à semelhança das suas músicas, danças e trajes, resolveu-se em 19 de Março de 1959, unir-se esforços, sendo assim, houve a união das duas freguesias num só agrupamento, que tomou o nome de “ Grupo Folclórico Camponês de Bico “, o qual ao longo dos anos levou bem longe o nome de Paredes de Coura. Este agrupamento era considerado por todos como um dos melhores a nível nacional, e chegou a conquistar diversos primeiros lugares em concursos folclóricos, dentro e fora do concelho. Deves estar a interrogar-te acerca da designação de “ camponês “, mas é de fácil explicação: foi-lhe dado esse nome porque, a maioria dos seus elementos trabalhava na actividade agrícola, principal actividade do concelho de Coura naquela altura, chegando mesmo a ser conhecida como “ Celeiro do Minho “. Aos onze anos de idade, o menino Bento começou a tocar ao lado dos tocadores do Grupo Folclórico Camponês de Bico, e, no intervalo dos espectáculos, tocava sozinho umas modinhas para deleite do público. Eram tempos em que se ouviam músicas tais como: o Vira de Roda, os passos Manuel da Horta, Laurentina, a Chula do Salto (Bento ainda se lembra dos mais antigos a ensinar a dança desta música, durante um dos muitos ensaios do agrupamento), a Serrinha (com a sua letra dedicada ao Monte de Corno de Bico: Ó serra, serrinha/ Do alto da serra/ Tu és a mais linda/ Cá da nossa terra), entre muitas. Duas delas leitor, porque acho importante, e porque estão incluídas no seu trabalho discográfico, vou explica-las pormenorizadamente. Lembras-te quando falei da união das freguesias? Pois bem, nessa altura (1959) foi criada uma música para apresentação em palco, que era a Marcha do Alto-Coura, música essa que anda um pouco esquecida! A segunda música de que te falo é a Chula do Maia, bastante conhecida a nível concelhio, mas pouco fora dele. Esta música é caracterizada pelo forte timbre de voz feminino e pelo prolongamento quase exaustivo da voz durante a entoação das quadras, ora isto deve-se, caro leitor, à necessidade das pessoas antigamente se comunicarem de campo para campo, de monte para monte, o que levou a esta, tão particular, Chula do Maia. Durante as gravações do seu trabalho discográfico, contavam-me as Sras. cantadeiras, “Maria e São do Costa”, respectivamente mãe (86 anos) e filha, que aquando das gravações do antigo Grupo Camponês, nunca a Chula do Maia foi gravada por dificuldade dos técnicos em registar adequadamente esta música tão característica do Alto-Coura.

 

Mestre Bento ensina

Mas voltemos à vida de Bento. A adolescência e mocidade, foi fértil em bailes de aldeia, ao som das concertinas, pelo que adquiriu um óptimo reportório de música tradicional. Durante esses bailaricos, fez dançar muitos da sua geração, e não só, também conseguiu captar números musicais bastante interessantes, que ainda hoje presenteia a quem o ouve. Fala muitas vezes da coreografia da música “Baião da Ana “. Era ainda um jovem adulto quando, como muitos portugueses, foi cumprir o serviço militar obrigatório em África. Este é um episódio, que não o vemos muitas vezes recordar. Depois da vinda do Ultramar, continuou a servir o Folclore, e em Agosto de 1975, quando surge o Rancho Folclórico de Cristelo, actualmente extinto, Bento Macedo começou a fazer parte da sua tocata. Mas, o seu bairrismo falava mais alto. Quando em 1982 se fundou a Associação Cultural Recreativa de Vascões, de onde nasceu o Grupo Folclórico do Alto-Coura, Bento Macedo assumiu a função de tocador, que se prolongaria por 21 anos. Deste agrupamento tem muitas recordações, como sendo as muitas actuações, os bons momentos de convívio e algumas gravações conjuntas com outros tocadores. Em 2000, amigo leitor, deu-se um importante episódio, tanto na vida de Bento, como, e arrisco-me a dizê-lo, na História do concelho, com a disponibilidade do Mestre de transmitir os conhecimentos de concertina. Hoje em dia, mestre Bento percorre várias localidades do concelho, e não só, para dar aulas de concertina em diversas associações culturais, tendo já um número significativo de aprendizes de todas as idades, com um grau de aprendizagem elevado. A Mestre Bento se deve o ressuscitar de velhos toques de concertina em Paredes de Coura. Há muito que era desejo de Mestre Bento, gravar um trabalho discográfico. Com a ajuda de alguns alunos, de Mário Correia do Centro de Música Tradicional de Sendim e da editora Sons da Terra, a 8 de Março de 2003, ficaram registados 13 temas. A 14 de Fevereiro de 2005, num ambiente de grande festa, Bento Macedo viu o sonho tornado realidade, com o lançamento público do seu CD, actualmente esgotado. Termino. Quanto a ti leitor, não fiques por aqui: vai conhecer a Giesteira, vai descobrir a maravilhosa paisagem da Área de Paisagem Protegida do Corno de Bico. Aproveita e passa pelo lugar de Aldeia, onde habita Mestre Bento, vai conhecê-lo, ouve as suas histórias, ouve as suas músicas…

Eduardo Cerqueira [texto] - Artigo publicado na revista Tempo Livre n.º 172

Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 08:15
Ligação do artigo | Comente | Adicionar aos favoritos
partilhar
Sexta-feira, 30 de Julho de 2010

Programa das Festas do Concelho de Paredes de Coura - 2010

Festas do Concelho de Paredes de Coura - 2010

 

Festas em honra de Santo António e Nossa Senhora das Dores

 

Programa

 

 

Dia 06 de Agosto - Sexta-feira

09:00 Salva de Morteiros

Arruada pelos Grupos de Bombos e Zés Preiras:

Figueiras na Rua - Rubiães

Amigos da Música - São Martinho de Coura

10:00 Abertura das Exposições de Trabalhos realizados pela Escola de Bordados da Câmara Municipal de Paredes de Coura e por Maria Pereira (Tapeçaria e Pintura) (Sala de Exposições dos Paços do Concelho)

12:00 Concentração dos Grupos de Bombos (Largo Visconde de Mozelos)

19:00 Despedida dos Grupos de Bombos (Largo Visconde de Mozelos)

22:00 Actuação do Grupo Musical Kalhambeke – Paredes de Coura (Largo Hintze Ribeiro)

 

Dia 07 de Agosto - Sábado

 

08:45 Salva de Morteiros

09:00 Entrada dos Grupos de Bombos e Zés Preiras (Largo Visconde de Mozelos):

Unidos da Paródia – Amarante

Amigos da Borga - Fafe

Os Completos – Amarante

Os Delaenses - V.N.Famalicão

Bombos de St. André – Amarante

Os Amigos da Farra - Padornelo

12:00 Espectáculo do Ribombar dos Grupos de Bombos e Zés Preiras (Largo Visconde de Mozelos)

14:30 Entrada da Bandas de Música (Largo Visconde de Mozelos):

Associação Cultural e Recreativa Banda Nova de Fermentelos

Sociedade Recreativa e Musical 12 de Abril

18:30 Despedida dos Bombos e Zés Preiras (Largo Visconde de Mozelos)

19:00 Missa Vespertina com Sermão a Santo António (Igreja Matriz)

22:30 Actuação do Grupo Musical Notas Soltas – Lousã (Largo 5 de Outubro)

00:30 Despedida das Bandas de Música (Largo Visconde de Mozelos)

01:00 Fogo-de-artifício

Dia 08 de Agosto - Domingo

 

08:45 Salva de Morteiros

09:00 Entrada das Bandas de Música (Largo Visconde de Mozelos):

Banda de Música dos Bombeiros Voluntários de Arrifana

Banda Velha União S. Joanense

11:00 Missa e Sermão em Honra de N.ª Sr.ª das Dores solenizada pelo Grupo Coral Paroquial de Santa Maria de Paredes (Igreja Matriz)

16:00 Entrada da Fanfarra da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Monção (junto ao Quartel Dr. Afonso Viana)

17:30 Imponente Procissão

18:30 Despedida da Fanfarra (Largo Visconde de Mozelos)

20:00 Despedida das Bandas de Música (Largo Visconde de Mozelos)

22:00 Festival Nacional de Folclore (Largo Hintze Ribeiro) com a presença de:

Grupo Folclórico das Lavradeiras da Meadela – Viana do Castelo

Rancho Folclórico e Cultural de São Julião -  Valença do Minho

Rancho Folclórico das Lavradeiras de Oleiros -  Ponte da Barca

Rancho Folclórico de Parada de Gatim – Vila Verde

Rancho Folclórico de Rubiães – Paredes de Coura

22:30  Actuação do Grupo Musical Hugo Band - Paredes de Coura (Largo 5 de Outubro)

01:00 Fogo-de-artifício

 

Dia 09 de Agosto – Segunda-feira

 

15:00 Animação de rua com o Grupo Fanfarra Kaústica.

21:30 Filme-Concerto: “Retrato da Nossa Gente” (Adro da Capela do Espírito Santo) (Inscrições abertas, mais informações no Centro Cultural ou Biblioteca Municipal)

22:30 Actuação do Grupo Musical Júnior´s – Paredes de Coura (Largo Hintze Ribeiro)

 

Dia 10 de Agosto – Terça-feira - Feriado Municipal

 

08:45 Salva de Morteiros

09:00 Entrada dos Grupos de Bombos e Zés Preiras:

Figueiras na Rua – Rubiães

Os Amigos da Farra - Padornelo

Amigos da Música – São Martinho de Coura

09:15 Hastear Solene da Bandeira (Largo Visconde de Mozelos)

10:30 Missa em Honra de São Lourenço, comemorativa dos Combates da Travanca (Capela-Monumento de Cerdeira-Cunha)

16:00 Sessão Solene Evocativa do Dia do Concelho (Salão Nobre dos Paços do Concelho)

18:00 Troféu “Geminação” - S.C.Courense X Selecção de Cenon (Campo de Jogos do S.C.C) (Actividades desportivas ao longo da tarde, ver programa próprio)

22:00 Encontro de Folclore "Geminação" (Largo Hintze Ribeiro):

Grupo Etnográfico da ACRD de Paredes de Coura

Rancho Alegria Portuguesa de Gironde - Cenon

22:30 Actuação do Grupo Musical Roconorte—Monção (Largo 5 de Outubro)

01:00 Fogo-de-artifício

Encerramento das Festas do Concelho de 2010

 

Devido à ocupação dos Largos 5 de Outubro e de Hintze Ribeiro, a Feira Quinzenal no dia 7 de Agosto terá lugar no Largo D. Maria Luísa Abreu e Antas

 

 

A Mostracoura agradece a todos aqueles que, anonimamente, têm contribuído e contribuirão até ao final para o sucesso das festividades

 

Promoção e organização: Câmara Municipal de Paredes de Coura e Mostracoura (Associação para a Promoção de Produtos Regionais do Alto Minho)

 

Foto do Cartaz: Mário Pedro Sousa

Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 23:01
Ligação do artigo | Comente | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
partilhar
Quarta-feira, 21 de Julho de 2010

Cancioneiro Courense - Vira dos Tocadores

Rancho Folclórico Camponês de Bico

13 de Junho de 2010

Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 18:25
Ligação do artigo | Comente | Adicionar aos favoritos
partilhar
Segunda-feira, 12 de Julho de 2010

Cancioneiro Courense - Chula Velha

13 de Junho de 2010

Grupo Folclórico Camponês de Bico

Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 16:30
Ligação do artigo | Comente | Adicionar aos favoritos
partilhar
Segunda-feira, 28 de Junho de 2010

Bico - Rancho Camponês dança na Feira

Guardião das danças e cantares, dos trajes e tradições de antanho, assistimos no passado domingo 13 de Junho, durante o Festival de Folclore integrado na Feira Mostra de Paredes de Coura, a uma excelente exibição do Rancho Folclórico Camponês de Bico.

*
*
*
*
Apreciámos algumas modificações no agrupamento, nomeadamente o regresso de alguns trajes e danças que, noutros tempos, deram notoriedade ao Camponês por esse país fora. Como muita gente de mais idade diz, antes de existir Internet, festival de música e outros eventos, era o Rancho Folclórico Camponês de Bico que afamava a nossa terra.
in Jornal Notícias de Coura, edição n.º 165, 22 de Junho de 2010
Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 11:57
Ligação do artigo | Comente | Adicionar aos favoritos
partilhar
Terça-feira, 2 de Março de 2010

XXIII Aniversário da Associação C. R. D. de Padornelo - "Acordes de Primavera"

7 de Março de 2010|domingo
 
09:45 – Missa pelos sócios vivos e falecidos, na Igreja Paroquial de Padornelo.
 
15:00 – Na sede da associação (lugar de Valinha-Padornelo), espectáculo musical “Acordes de Primavera”com a participação dos seguintes grupos:
  • Grupo de Cantigas da Associação Cultural Recreativa e Desportiva de Padornelo - Paredes de Coura
  • Grupo de Cantares Tradicionais de Âncora, da Sociedade de Instrução e Recreio Ancorense - Caminha
  • Grupo de Cavaquinhos de N.ª Sr.ª dos Milagres de Cambeses, Monção
  • Grupo de Cantigas da Associação Cultural de N.ª Sr.ª da Purificação de Formariz - Paredes de Coura
  • Grupo de Música Popular da Feitosa – Ponte de Lima
Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 16:07
Ligação do artigo | Comente | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
partilhar
Sábado, 30 de Janeiro de 2010

Coro Juvenil de Padornelo e Parada vence Festival de Coros Juvenis de Viana do Castelo 2010

No passado dia 24 de Janeiro, no auditório do Centro Paroquial e Social dos Arcos de Valdevez, numa organização do Secretariado Diocesano da Pastoral Juvenil de Viana do Castelo, realizou-se o Festival de Coros Juvenis sobre o tema da Jornada Mundial da Juventude “Bom Mestre, que devo fazer para ter em herança a vida eterna?”. O Coro Juvenil de Padornelo e Parada venceu o festival com a música “Larga o que trouxeste” (letra e música da autoria de Carla Soares Lima). O X Viana Jovem, encontro de jovens da diocese de Viana do Castelo, que se realizará a 16 de Maio de 2010, terá como hino a música vencedora do Festival de Coros. Felicitamos a autora da música vencedora bem como todos os elementos do Coro Juvenil.

Larga o que trouxeste

 
Tudo me prende,
Tudo me agarra,
Tudo me chama para o mundo.
Tenho um pingente,
Uma samarra,
Cartão de crédito e tudo.
 
Eu quero ter [tantas coisas], eu quero ir,
Eu quero ver [o mundo todo], eu quero vestir,
Eu quero ser [muito famoso], eu quero mostrar,
- E tu?
- E eu? Quero saber.
 
Diz, ó Mestre, o que faço agora?
O que guardo, o que deito fora?
Cumpro a Lei e tudo o que disseste.
- Então, larga o que trouxeste.
 
Nada me enche,
Nada me basta,
Nada me satisfaz a sério.
Tenho uma agenda,
Dentro de uma pasta,
Um cheque-brinde, outro mistério.
 
Eu quero ter [a Vida Eterna], eu quero ir,
Eu quero ver [essa Herança], eu quero vestir,
Eu quero ser [nova Esperança], eu quero mostrar-Te,
- E tu?
- E eu? Quero saber.
 
Diz, ó Mestre, o que faço agora?
O que guardo, o que deito fora?
Cumpro a Lei e tudo o que disseste.
- Então, larga o que trouxeste.
 
Um dia vou estar preparado,
Quem sabe cantar ao Teu lado,
Outro refrão.
Quando eu compreender a certeza
De que a principal riqueza

Está no meu coração.

Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 12:23
Ligação do artigo | Comente | Ver comentários (3) | Adicionar aos favoritos
partilhar
Quarta-feira, 20 de Janeiro de 2010

IX Encontro de Janeiras e Reis de Paredes de Coura – Participação da ACRDP

 Janeiras da Associação Cultural Recreativa e Desportiva de Padornelo

 

Refrão
Ó que linda casa,
Ó que boa gente,
Tem o lume em brasa,
Tem comida quente,
Tem um bolo-rei,
Em cima da mesa,
Comei e bebei,
Está feita a despesa. 
I
O céu é para as estrelas.
O jardim é para as flores.
Neste Centro Cultural,
Boa noite meus senhores. (bis)
II
Até aqui veio a eito,
Aqui não faço excepção,
Vamos cantar as Janeiras,
Com a vossa permissão. (bis)
III
Viva o senhor presidente,
Raminho de bem-querer,
As moças de Padornelo
Vieram aqui p’ra o ver. (bis)
IV
E os moços de Padornelo
Esperaram a noite toda,
Para dar as boas-festas
À nova vereadora. (bis)
V
Diz a cereja ao ramo,
Diz o olho à pestana,
Neste Centro Cultural,
Viva a doutora Joana. (bis)
VI
Quem diremos nós que viva,
Na folha do laranjal,
Viva um e vivam dois,
Vivam todos em geral. (bis)
VII
Esta moda que cantamos,
Não é paga com dinheiro,
É paga com vinho fino
E presunto do fumeiro. (bis)
VIII
Padornelo diz adeus,
Cantando de lés-a-lés,
Muita saúde p’ra todos,
Bom ano 2010. (bis)
Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 18:22
Ligação do artigo | Comente | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
partilhar
Terça-feira, 19 de Janeiro de 2010

IX Encontro de Janeiras e Reis de Paredes de Coura - Participação da ACDL

Janeiras da Associação Cultural e Desportiva de Lamamá
 
Refrão
Lamamá vos vem cantar,
Com a sua associação,
Bom ano vimos dar,
A toda a população.
I
Um ano novo entrou,
As janeiras vamos cantar,
Pedindo a bondade,
De quem nos queira ajudar.
II
Janeiras, lindas janeiras,
Senhores vamos cantar,
Boas festas e alegria,
Vos queremos desejar.
III
Que todos os Homens tenham,
Muita paz, felicidades,
Aos presentes e ausentes,
E de todas as idades.
IV
Senhoras não demoreis,
É muito frio o luar,
Vinde-nos dar as janeiras,
Que temos de caminhar.
V
Boa noite meus senhores,
Até para o ano que vem,
Alegria e paz em Deus,
E na Virgem, Sua Mãe.
 
Saudamos a Associação Cultural e Desportiva de Lamamá pela estreia no Encontro de Janeiras e Reis de Paredes de Coura.
Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 16:45
Ligação do artigo | Comente | Adicionar aos favoritos
partilhar
Segunda-feira, 18 de Janeiro de 2010

IX Encontro de Janeiras e Reis de Paredes de Coura - Participação da ACRDPC

Coro
Este grupo aqui está,
Com entusiasmo e união,
Para angariar fundos,
Muito proveitosos,
P’ra associação.
I
À vossa casa voltamos,
Com amor e alegria,
Desejar as Boas Festas,
Com carinho e simpatia.
II
Nesta linda freguesia,
Existe a nossa associação,
Pedindo a vossa ajuda,
E abertura do coração.
III
Os tempos são muito difíceis,
Mas não queremos parar,
Contamos sempre convosco,
P’ra cultura preservar.
IV
E agora para terminar,
Desejando do coração,
Muita saúde e bom ano,
Com alegria, paz e união.

Para além da participação no IX Encontro de Reis e Janeiras, a Associação Cultural Recreativa e Desportiva de Paredes de Coura, cumprindo a tradição, cantou os Reis por toda a freguesia.

Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 12:23
Ligação do artigo | Comente | Adicionar aos favoritos
partilhar
Sexta-feira, 15 de Janeiro de 2010

IX Encontro de Janeiras e Reis de Paredes de Coura - Participação do Sporting Clube Courense

I

Ó da casa, ó da casa
Chamamos, vós ouvireis. (bis)
O Courense está á porta
E aqui vem cantar reis. (bis)
II
O azul e amarelo
São cores da nossa bandeira. (bis)
Apoiai a nossa equipa
Para que seja a primeira. (bis)
Coro
Boas festas, vimos dar,
Desejar -vos a cantar.
Viemos pelo courense
Orgulho da nossa gente.
III
O Courense é de todos
Está no nosso coração. (bis)
Para aqueles que o apoiam
Há-de ser o campeão. (bis)
IV
Esta moda vai no fim
Foi este o nosso presente. (bis)
Para todos um bom ano,
São os votos do Courense. (bis)
Coro
Boas festas, vimos dar,
Desejar -vos a cantar.
Viemos pelo courense
Orgulho da nossa gente.
Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 12:51
Ligação do artigo | Comente | Adicionar aos favoritos
partilhar
Sexta-feira, 8 de Janeiro de 2010

IX Encontro de Janeiras e Reis de Paredes de Coura

 

Dia 09 de Janeiro de 2009|21:30|Centro Cultural de Paredes de Coura
 
IX ENCONTRO DE JANEIRAS E REIS
 
Concentração no Largo Visconde de Mozelos (junto à Câmara Municipal) às 21 horas, seguido de desfile pela Rua Conselheiro Miguel Dantas.
 
Apresentação no Centro Cultural de Paredes de Coura.
 
Com a participação das Associações Culturais, Escolas, Instituições e Freguesias do Concelho.
 
Entrada livre.

 

Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 16:22
Ligação do artigo | Comente | Adicionar aos favoritos
partilhar
Terça-feira, 22 de Dezembro de 2009

Canção "Somos Idosos da Área Protegida "

Uma vez mais recordamos o I Festival da Canção Courense, desta feita com a publicação da música “Somos Idosos da Área Protegida” interpretada pelos utentes do Centro de Dia de Vascões, Bico e Cristelo e da autoria do pároco dessas comunidades, Dr. Manuel Moreira. Depois da actuação no Centro Cultural de Paredes de Coura, o grupo marcou presença no Programa “Praça da Alegria” da RTP no dia 1 de Fevereiro de 2006.

 

 

“Somos Idosos da Área Protegida”
 
Letra e música: Padre Dr. Manuel Moreira
Harmonização: Padre Dr. Jorge Alves
 
Refrão:
Somos Idosos da Área Protegida,
Esta Canção é um apelo à Vida.
 
I
Vivíamos lá no alto,
Sozinhos na solidão,
Agora com o nosso Centro,
Alegra-se o coração.
 
II
Para se viver mais tempo,
É preciso alegria,
Protejamos o ambiente,
Nesta Área concelhia.
 
III
Lá no alto nós já temos,
Centro de Interpretação,
Para a obra aplaudir,
Cá está a nossa canção!
 
IV
Não estrague a natureza,
Que é algo que já herdámos,
Com tudo belo e bonito,
Aos nossos netos deixamos.
 
V
Montes sem estarem queimados,
Caça no monte a saltar,
Àgua pura para beber,
E para os campos regar.
 
VI
E viva a natureza,
Proteja-se o ambiente,
Deixemos este mundo,
Mais feliz e contente.
Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 16:12
Ligação do artigo | Comente | Adicionar aos favoritos
partilhar
Quinta-feira, 17 de Dezembro de 2009

Canção "Em Dezembro"

 

O nosso blogue recorda neste artigo o I Festival da Canção Courense, organizado pela Associação Cultural Recreativa Desportiva de Paredes de Coura em 29 de Dezembro de 2005. A canção “Em Dezembro” escrita e musicada por Carla Soares Lima, interpretada pelo Grupo de Jovens de Parada e Padornelo foi a vencedora desse espectáculo.
 
 
“EM DEZEMBRO”
 
Em Dezembro reunimos os amigos pró Natal.
Em Dezembro embrulhamos num abraço o coração.
 
E a lareira sempre acesa,
Não se pode apagar,
E à mesa, tão caseira,
Há sempre mais um lugar.
 
Em Dezembro os caminhos trazem os filhos à Terra.
Em Dezembro procuramos o cheiro da nossa Serra.
 
E a porta sempre aberta,
Para quem está a chegar,
E os braços estendidos,
Não se cansam de abraçar.
 
Em Dezembro escrevemos novas formas de amar.
Em Dezembro inventamos sentimentos para rimar.
 
E o lápis sempre pronto,
Para todos perdoar,
E o coração aquecido,
Pela força do cantar.
 
E haverá melhor presente do que esta canção courense, cantada para vós?
No compasso da alegria, das eiras, do rio, do vira, da alma de todos vós.
 
 
Sinto-me:
Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 15:34
Ligação do artigo | Comente | Ver comentários (6) | Adicionar aos favoritos
partilhar

.Mais sobre mim

.Pesquisar neste blog

 

.Artigos recentes

. Festas do Concelho de Par...

. 36.º Aniversário da Assoc...

. "Oh que água fria, oh que...

. Fotorreportagem do Espect...

. XXV Aniversário da Associ...

. Festas do Concelho de Par...

. Bento Macedo - Tocador de...

. Programa das Festas do Co...

. Cancioneiro Courense - Vi...

. Cancioneiro Courense - Ch...

.Arquivos

. Junho 2019

. Maio 2019

. Novembro 2017

. Agosto 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.Ligações

.últ. comentários

QUEM EXISTE E AINDA VIVE EM PAREDES DE COURA SÃO O...
SIM. QUEM ESTA A RESPONDER É UMA PRIMA QUE TAMBEM ...
Procurei este nome na internet por mera curiosidad...
Tenho muito péna ver certas alminhas acabar assim
Orgulho de um familiar . Pelo visto a familia e g...
Gosteis desta coberturas de piscinas (http://www.c...
Boa obra do Municipio.
Desculpe troquei o nome, o correto é Miguel do pat...
Olá José, somente agora vi os comentarios no blog ...
Ola Teresa, somente agora visualizei sua mensagem,...

.mais comentados

.Junho 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.subscrever feeds

blogs SAPO