Terça-feira, 4 de Março de 2008

Rancho de Bico nasceu há 50 anos

O próximo dia 19 de Março assinala o nascimento, há 50 anos, do famoso Rancho Folclórico Camponês de Bico. Tal facto afigurasse-nos de relevância adequada à dedicação de algumas palavras em honra de um dos agrupamentos a nível nacional que melhor preservam a genuinidade das antigas músicas e danças e o rigor da indumentária de antanho.

19 de Março de 1958. António Barbosa, António Vieira Gomes e António Dantas (o primeiro ensaiador) fundam o Rancho. O sucesso foi imediato, logo nesse ano o agrupamento é convidado a participar num cortejo folclórico regional com representação das freguesias de Paredes de Coura. A partir daí, somaram-se pontos altos, estando na memória dos mais antigos a actuação perante o Presidente da República Américo Tomás, no decorrer das festividades do S. João de Braga, tendo o almirante tecido os mais rasgados elogios ao Camponês.

A juntar aos nomes referidos, não devemos deixar de mencionar o ilustre courense Fernando Cândido Gonçalves Pereira, que residia em Braga e por várias vezes manifestou a sua admiração pelo rancho através de empolgados textos dados à estampa na imprensa. Na fase inicial da vida do cinquentenário rancho é justo realçar a importância que nele teve João Vieira de Sequeiros, conhecido por doutor de Vidão, influente figura courense durante o período do Estado Novo, presidente da Câmara, apoiante indefectível do folclore de Bico.

Pedro Homem de Mello, um dos maiores poetas líricos da segunda metade do século XX, foi também um admirador do Camponês de Bico, levando-o por diversas ocasiões ao seu programa televisivo dedicado ao folclore e considerando-o um grupo modelar e genuíno.

Em 1959 o rancho fundiu-se com o igualmente histórico e vizinho grupo de Vascões, ambos fazendo a um só corpo parte da caminhada deste meio século, até que, já na década de oitenta, quando voltou a seguir o seu caminho.

Em nosso nome e de todo o NC, um forte abraço ao aniversariante, e que as bodas de ouro sejam pretexto para um festa de arromba.

Publicado na edição n.º 114, de 04 de Março de 2008, do jornal Notícias de Coura.

Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 19:52
Ligação do artigo | Comente | Adicionar aos favoritos
partilhar
Sexta-feira, 15 de Fevereiro de 2008

50 anos da fundação do Rancho Folclórico Camponês de Bico

Prestes a comemorar 50 anos de fundação ( 19 de Março de 1958 ), o Rancho Folclórico Camponês de Bico prima pela qualidade das suas danças e cantares. veja um vídeo deste grupo aquando o Festival Nacional de Folclore, realizado a 13 de Agosto de 2007, aquando as Festas do Concelho de Paredes de Coura. Como um dia escreveu Aquilino Ribeiro: "O minhoto pela sua alegria e o seu trajo merece todas as graças de Deus e dos bons génios da terra".

 


Sinto-me:
Publicado por Eduardo Daniel Cerqueira às 08:45
Ligação do artigo | Comente | Adicionar aos favoritos
partilhar

.Mais sobre mim

.Pesquisar neste blog

 

.Artigos recentes

. Rancho de Bico nasceu há ...

. 50 anos da fundação do Ra...

.Arquivos

. Junho 2019

. Maio 2019

. Novembro 2017

. Agosto 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.Ligações

.últ. comentários

Boa noite podiam me dar algum contacto da confrari...
QUEM EXISTE E AINDA VIVE EM PAREDES DE COURA SÃO O...
SIM. QUEM ESTA A RESPONDER É UMA PRIMA QUE TAMBEM ...
Procurei este nome na internet por mera curiosidad...
Tenho muito péna ver certas alminhas acabar assim
Orgulho de um familiar . Pelo visto a familia e g...
Gosteis desta coberturas de piscinas (http://www.c...
Boa obra do Municipio.
Desculpe troquei o nome, o correto é Miguel do pat...
Olá José, somente agora vi os comentarios no blog ...

.Junho 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30

.subscrever feeds

blogs SAPO